Alimentação

     O coelho é um animal herbívoro, sendo um grande consumi­dor e transformador de celulose, aproveitando mais de 80% do exis­tente nas forragens.

     Portanto, os alimentos que entram em sua alimentação se baseiam principalmente em forragens e grãos embora, sob determina­das condições de sua exploração, sejam necessários cuidados especiais e é imprescindível adicionar alimentos de origem animal para equilibrar as rações, tornando-as mais indicadas para o crescimento, produções, crias, etc., pela inclusão dos elementos mais indicados para essas especializações.

      A alimentação dos coelhos, em criações caseiras, não oferece os mesmos problemas que o arraçoamento nas criações industriais, comerciais ou em grande escala. Os coelhos de raça são animais selecionados para alta pro­dução e necessitam de uma alimentação adequada, para que deles seja obtida maior produtividade. Nas criações caseiras, sua alimentação é feita à base de forra­gens, restos de horta, de podas de árvores e outras plantas.

                                                                                 Alimentação

Rami: Uma excelente fonte de vitamina.

     Nas criações caseiras, sua alimentação é feita à base de forra­gens, restos de horta, de podas de árvores e outras plantas.Os coelhos são animais de rápido crescimento e desenvol­vimento precoce, que se manifestam devido à constituição química do leite da coelha, que é muito rico em proteínas e sais minerais. Sua desmama requer uma ração de relação nutritiva estreita, que pode ampliar-se à medida que o animal vai se aproximando da idade adulta.

     Proporcionalmente a seu peso e tamanho, o coelho Consome e aproveita muito mais os alimentos do que os bovinos que seguem um regime de alimentação herbáceo muito parecido. O organismo dos coelhos é formado por matéria orgânica, sais minerais e água e as suas perdas têm que ser repostas, a fim de estabelecer o equilíbrio vital e atender ou regularizar as diversas funções do organismo, ou seja, circulação, respiração, secreção, etc.

     Portanto, devem entrar na composição das rações, todos os princípios nutritivos necessários para formar o organismo animal ou os seus produtos. Assim, se queremos ter uma base para fazer uma alimentação racional dos coelhos, é preciso conhecer, não só a composição do seu corpo (água, proteínas, gorduras, hidratos de carbono e sais minerais), mas também a proporção dessas substâncias, o que varia muito, de acordo com diversos fatores como idade, estado orgânico, regime alimentar, sistema de criação, etc.

     Portanto, os alimentos que os coelhos consomem normal­mente, devem conter esses mesmos princípios nutritivos em propor­ções adequadas e de acordo com a categoria ou produção do coelho, isto é, ração de manutenção ou produção de carne, pele ou pêlo.

     São as seguintes as substâncias que devem entrar no arraçoa­mento desses animais: Proteínas, Hitratos de Carbono, Gorduras ou Graxas, Vitaminas: A, C, D, E e K, Complexo B, Sais Minerais.

Barra de pesquisa

Galeria

Últimas fotos